Menu

Calendário

 «  < Oct 2019 >   »
SuMTWThFS
20

1.º Encontro das Escolas Transformadoras da Ashoka Portugal

Share

O 1.º Encontro das Escolas Transformadoras da Ashoka Portugal realizou-se no Agrupamento de Escolas de Freixo, nos dias 7, 8 e 9 de março com a presença de alunos, professores e diretores das nove escolas. 

Considerada como a maior rede mundial de Empreendedores Sociais (mais de 3500 espalhados por mais de 90 países) a Ashoka é a 5.ª mais influente ONG do mundo, investindo em pessoas e ideias inovadoras com potencial de realizar mudanças positivas na sociedade, de forma sustentável e duradoura e na criação de uma sociedade de changemakers. 

Neste encontro estiveram presentes as escolas distinguidas na edição de 2017 Agrupamento de Escolas de Freixo (Ponte de Lima), Colégio de S. José (Coimbra), Escola Básica de Rabo de Peixe (Açores), Escola Profissional de Magestil (Lisboa) e na edição de 2019, o Colégio Novo da Maia (Maia), Colégio Monte Flor (Lisboa), Agrupamento de Alcanena (Alcanena), Scholé (Matosinhos) e Agrupamento de Escolas do Cerco (Porto). 

O encontro teve a presença das representantes da Ashoka Portugal, Constança Morais e Silvia Pau e do Vereador da Educação do Município Ponte de Lima, diretores, docentes e alunos das respetivas escolas, que se iniciou com uma sessão de boas vindas. Nestes três dias houve momentos de partilha de experiências e projetos realizados, contacto com os projetos do Agrupamento de Freixo, mas também uma reflexão profunda sobre ao papel dos alunos e escolas como agentes transformadores e a construção de uma visão comum, pelos alunos, sobre o que é uma escola transformadora. 

Constança Morais, Director of Changemaking Skills da Ashoka Portugal, salientou que "A Ashoka junta projetos educativos que considera líderes de mudança em direção a uma educação EACH (everyone a changemaker). Chamamos-lhes Escolas Transformadoras, pois consideramos que vão mais além na procura de experiências de aprendizagem nutritivas e significativas, que tornem as crianças e jovens agentes de transformações positivas no mundo. Este primeiro encontro serviu para criar ainda mais laços entre as escolas do programa e criar um plano de ação que permita consolidar os seus caminhos inovadores e alargar este movimento de mudança de paradigma por todo o país”. 

Para Luís Fernandes, diretor do AE Freixo, este encontro “foi a prova de que o papel da escola vai muito além da sala de aula e tem impacto profundo na mudança da sociedade, cabendo a cada um de nós ser um ator definitivo. Foi possível encontrar pontos comuns em tão diversas escolas, onde os alunos falaram a mesma linguagem da transformação social. Foi para nós um momento extraordinário de ligação com os outros, onde assumimos o compromisso de transformar o mundo juntos!” 

Para o Henrique e o Gonçalo, alunos da Escola Básica de Rabo de Peixe, “Esta foi uma experiência incrível! Conhecemos gente nova de toda a parte de Portugal. Fizemos, no dia principal, um trabalho com outros alunos que gostamos muito, sobre a escola mais empática do mundo!” 

Houve, igualmente, momentos mais informais e de convívio passados no CIPVV - Centro de Interpretação e Promoção do Vinho Verde, onde o senhor Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima felicitou todos os presentes pelas ideias inovadoras no empreendedorismo social. A jornada terminou na Área Protegida das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro d'Arcos, com uma caminhada pelos trilhos e apresentação do projeto educativo das Lagoas. 

JoomSpirit